terça-feira, setembro 22, 2009

Marés


Marés se movimentaram muitas vezes
Dentro de tantos momentos desconhecidos
Que me perdi
Das palavras que me mostravam o real
Lugar onde saltar
Pronta para sentir o ar na minha pele
Mergulhar no mais profundo azul esverdeado
Sinto que minha certeza está vagando
Vagando por este impalpável destino

Parcas me ajudem
Estrelas e suas constelações
Deuses
E minha Intuição
Que eu volte a tocar com firmeza
No que só a mim pertence ......

1 Comments:

Anonymous Nadja Voss said...

Me sinto, e te sinto em tuas palavras.
Ouve, as Parcas nunca te deixaram...

22 setembro, 2009  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home